14 de janeiro de 2019

Tenho pouco tempo para estudar e agora?

A rotina corrida, o acesso a diversas tecnologias, informações e distrações acabam nos fazendo procrastinar e deixando para a última hora o tempo de dedicação para aquela prova super importante. Agora, com pouco tempo para estudar, o esforço se torna ainda maior.

Para conseguir correr atrás do tempo perdido e ir bem nas entregas que se aproximam, traremos algumas dicas que ajudarão você a otimizar o seu tempo, aumentar a sua absorção da matéria, foco e memorizar o que for necessário.

Passando o desespero inicial, chegou a hora de ver quais os conteúdos e provas que terão em seu calendário, não esqueça de anotar tudo. Com esse panorama, é possível visualizar de uma maneira mais ampla o que vem pela frente.

Monte um cronograma de estudos, com as matérias mais importantes e aquelas que você tem dificuldade, veja o seu tempo vago e pronto. Chegou o momento de fazer o seu planejamento e aproveitar cada espacinho para preenchê-lo com as prioridades.

Abaixo, seguem os tópicos que serão desenvolvidos neste artigo:

  • Plano de estudo
  • Aprendizagem ativa e a prática
  • Trace metas

 

Plano de estudo

Sem dúvidas estudar de última hora é um exercício bem estressante, isso porque além de lutar contra o cansaço, o tempo e o volume de matéria, é preciso ter muita concentração para que o seu esforço não seja recompensado.

Procure locais mais tranquilos e sem distrações, para que você consiga focar no objeto de estudo.

Organizar seu plano de estudos é um dos passos principais para que você consiga alcançar o seu objetivo, isso porque uma rotina bem organizada, irá te ajudar a aprender com mais qualidade.

Como você está com pouco tempo e precisa de um plano de estudos eficaz, a melhor forma é um plano de estudos de emergência. Nele haverão os assuntos principais e que você tem menos afinidade.

Seu plano de estudos deve ser focado nas matérias e conteúdos mais importantes. Então selecione bem os conteúdos e evite encher o seu plano de materiais que não serão utilizados. O fundamental é se dedicar ao que é mais cobrado.

Aprendizagem ativa e a prática

O tempo que você tem para estudar precisa ser totalmente aproveitado, é necessário aprender mais com menos tempo para estudar e uma das melhores formas de fazer isso é através da aprendizagem ativa.

O aprender ativo é quando você utiliza as técnicas certas para conseguir se envolver com a matéria, diferente do que costuma acontecer em um sistema mais tradicional, onde você só recebe o conteúdo.

Um exemplo bem claro de educação ativa é quando você passa a matéria em voz alta, fazendo pesquisas extras sobre os seus estudos, escrevendo, assim você utiliza mais algumas áreas do seu cérebro, conseguindo aprender com mais qualidade.

Para se sair bem na sua prova ou curso, é fundamental que você pratique muito, tanto fazendo exercícios, escrevendo ou ensinando a outro colega.

A prática funciona bem porque seu cérebro gosta de problemas. Parece estranho, mas o cérebro gosta de ter oportunidades para resolver problemas. Quando o problema é resolvido, vem aquela satisfação e você aprende com mais facilidade.

Se a sua prova for objetiva, com certeza resolver provas antigas vai lhe auxiliar a melhorar o desempenho e aumentar o seu aprendizado. É interessante criar perguntas sobre o que você anda estudando, porque é nessas horas que colocamos em prova se estamos ou não aprendendo.

Trace metas

Trabalhe com metas! Planos de estudos emergenciais acabam sendo extremamente intensos, então o recomendado é que você tenha metas sejam elas diária, semanal ou mensal.

A meta serve para lhe ajudar a não cansar de uma rotina muito exaustiva. Toda vez que você se desmotivar ou ficar cansado, vai pensar que faltam X dias para terminar e assim o seu foco em aprender e estudar aquela matéria que não é tão atrativa, irá continuar.

Mas não se desespere e queira colocar metas impossíveis de cumprir, isso é perda de tempo. Priorize as atividades mais importantes, é certo que você tem uma lista gigantesca com matérias para estudar, mas numerá-las de acordo com a prioridade é a melhor estratégia.

Além de saber quais as matérias você domina mais e as que você possui algum déficit, entenda qual o peso de cada disciplina, se há pontuação mínima para não ser eliminado.

Related Post

Rua Paraíba, 330 - 18º andar - Sala:1810
Funcionários, Belo Horizonte - MG

+55 31 3303 1299
contato@mlearn.com.br