16 de agosto de 2018

Conheça alguns benefícios diferenciados que podem motivar colaboradores

Em um período atual de recessão econômica nacional, manter trabalhadores capacitados e motivados é um grande desafio e busca empresarial, com intuito de evitar prejuízos maiores financeiramente e organizacionalmente. Profissionais de qualidade e capacidade necessitam manter-se motivados e valorizados em prol da busca de talentos e aumento da produtividade. Por esse motivo, gestores investem cada vez mais em estratégias de benefícios empresariais diferenciados, sem esquecer das necessidades básicas dos contribuintes e também do que é garantido por lei, como o vale-transporte, férias, décimo terceiro e fundo de garantia.

Pacotes de benefícios são muito importantes para o processo de garantia de conexão e satisfação de funcionários para com a empresa ou negócio em que trabalham. Em um ambiente comercial de trabalho onde muitas vezes o colaborador apenas exerce suas funções sem um propósito estabelecido, um local de inspirações e motivações torna-se essencial para a obtenção de um objetivo comum e aspiração de ascensão.

Pesquisas apontam que as utilizações de técnicas atrativas de motivação a colaboradores, como os chamados benefícios, resultam no crescimento e otimização do trabalho, guiado por um único mesmo objetivo da empresa e seus funcionários.

O artigo irá abordar a definição dos benefícios de organizações e a vantagem de seu uso no ambiente empresarial, buscando exemplos diversos de benefícios obrigatórios e opcionais.

Abaixo, seguem os principais temas que serão abordados:

o   O que são benefícios

o   Importância de benefícios no ambiente de trabalho

o   Benefícios obrigatórios

o   Benefícios opcionais

O que são benefícios

Os benefícios corporativos são conhecidos como facilidades, conveniências ou vantagens oferecidas aos colaboradores pelas empresas, buscando estímulos de motivação e conexão. Os benefícios estabelecidos são parte adicional das remunerações, somando-se as mensalidades dos funcionários.

Mas não se engane, os benefícios não foram criados apenas visando a melhoria de desempenho de trabalhadores e de empresas como um sistema de recompensa. Um dos principais pontos trabalhados no sistema de benefícios empresariais é a otimização do trabalho, a criação de um ambiente de trabalho saudável que prima pela qualidade de vida da equipe.

Pesquisas apontam que empresas que usam o sistema de benefícios para empregados desempenham um ambiente mais propenso para o próprio funcionário, o que gera uma confiança, conexão e satisfação mútua.

Os benefícios podem ser de diversos níveis, sendo obrigatórios por leis, como vale-transporte, fundo de garantia, férias e o décimo terceiro. Ou variados de acordo com a necessidade e esclarecimento da empresa, como o vale-creche, vale-cultura e a bolsa de estudo. Sua determinação viabiliza o crescimento profissional e pessoal dos contribuintes através da segurança de qualidade de vida.

Os pacotes de benefícios são direitos adquiridos por trabalhadores ao longo dos anos, conquistando hoje parte da política social de grande parte das empresas.

Importância dos benefícios no ambiente empresarial

Manter uma equipe produtiva é uma tarefa bem complexa, ou seja nem sempre fácil de ser comprida. Porém é indispensável para o sucesso do negócio. Com isso, técnicas são criadas visando manter a motivação e, por conseguinte, a produtividade da equipe de funcionários. Saber usar os benefícios em uma organização é utilizar um grande aliado no processo para criação de atrativos diferenciais de um negócio. Os benefícios são vantagens ou facilidades que cada empresa concede ao seu funcionário, com o objetivo de engajamento e motivação em atividades diárias.

É comum a preocupação financeira de empresas ao ofertar benefícios aos seus funcionários, acreditando no encarecimento de custos. Porém, trabalhadores motivados e que se sentem valorizados ascendem na produção e proporcionam maior retorno ao negócio. Assim, o investimento na aplicação de um sistema de

Benefícios envolve como resultado o retorno financeiro assim como a ascensão do trabalho. Outro ponto de destaque proveniente de benefícios empresariais ao aos trabalhadores, é o processo de otimização e melhoria da qualidade de vida de sua equipe. Os benefícios de auxílio-creche e plano de saúde e odontológico, por exemplo, solucionam problemas básicos e proporcionam segurança aos funcionários. Benefícios extras também são muito usados como fonte de fidelização de trabalhadores em empresas ou negócios, atraindo e encorajando funcionários de alto nível e rendimento, que costumam ser disputados no mercado de trabalho.

Os benefícios proporcionados por empresas não só auxiliam a retenção talentos de trabalho, como também fortalece o compromisso das empresas com seus profissionais. Os benefícios, conhecidos também como remuneração indireta, vão além do salário base, exercendo o pacote atrativo que abrange necessidades básicas de profissionais.

Mas é importante lembrar que além de oferecer os benefícios, é fundamental que as empresas se atentem a motivação da equipe. Dar atenção individual a cada funcionário e transmitir uma comunicação de segurança e aberta, solucionando problemas de relacionamento, são pontos-chaves para a criação de um ambiente saudável de motivação e maior produtividade.

Benefícios obrigatórios

No pacote de benefícios corporativos, é preciso salientar e definir os chamados benefícios obrigatórios e opcionais, tais benefícios ficam a cargo da escolha da empresa.

Os benefícios obrigatórios atendem a demanda da Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), que regulamenta as relações trabalhistas no trabalho urbano e rural em relações individuais ou coletivas. Somente a partir do conhecimento dos principais direitos trabalhistas, é possível regularizar as relações em prol da proteção e segurança jurídica de todos os envolvidos no trabalho.

  •       Vale-Transporte

Segundo as leis trabalhistas aplicadas no cenário nacional, funcionários de uma empresa não devem exercer o gasto superior a 6% do seu salário remunerado com despesas de transporte de locomoção ao trabalho. As empresas precisam descontar o custo de transporte no valor total do pagamento e cobrir o resto dos gastos.

  •       Férias remuneradas

Depois de completar 1 ano de prestação de serviço com carteira assinada, é legalizado o recesso de férias ao colaborador durante um período estipulado de 30 dias corridos. Além disso, o trabalhador tem o direito de receber a remuneração referente ao mês de recesso com adiantamento de 30%.

  •       Décimo terceiro

Segundo a lei,  o trabalhador de uma empresa deverá receber uma remuneração adicional, o décimo terceiro.

  •       Fundo de garantia por tempo de serviço (FGTS)

O chamado fundo de garantia corresponde à 8% do total de remuneração que é recebido pelo trabalhador. Esse valor de porcentagem é destinado e depositado em uma conta bancária vinculada, na qual o trabalhador só receberá acesso caso seja demitido ou em outras condições assinaladas pela lei.

  •       Adicional noturno

Em cargas horárias entre 22h e 5h, o funcionário deverá receber um adicional acrescido ao valor da remuneração. Em situação de trabalho rural, a carga de horário varia, podendo ser calculado entre 20h e 4h da madrugada

Benefícios Opcionais

Os  benefícios opcionais são variantes a serem decididas pela gestão de negócios, a fim de valorizar e motivar funcionários e transmitir a eles uma melhor qualidade de vida.

Diferente dos benefícios obrigatórios, os opcionais não são assegurados pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), mas se tornam fundamentais como técnica de retenção de talentos e motivação de equipe em prol de produção e ascensão profissional, assim como melhoria do clima organizacional.

Necessidades básicas, ou primeiros benefícios englobam vales de alimentação, saúde e educação, em favor de um pacote necessário do profissional para a auto sustentação. A partir de então, nascem os novos benefícios, tais como:

  •       Vale-alimentação

O benefício de alimentação é cobrado obrigatoriamente a empresas com uma carga de funcionários acima de 300, devendo reservar um local para a realização de refeições. As demais empresas de porte inferior têm a opção de optar ou não por ofertar o benefício de alimentação, levando em conta as necessidades e viabilidades de gestão.

Mas atenção, é importante entender a importância do vale-alimentação e vale-refeição. O vale-alimentação é ofertado ao colaborador de uma empresa como benefício de consumo alimentício em padarias e mercados, por exemplo. Já o vale-refeição é ofertado para a consumação de almoços e jantas em estabelecimentos. No caso do vale-refeição, empresas precisam se atentar para a oferta de valor compatível ao custo alimentício de região determinada. Em situações de bairros considerados nobres, por exemplo, é aconselhável a oferta de um valor mínimo estipulado para possibilitar que o funcionário almoce todos os dias de trabalho.  

  •       Assistência médica

Ao oferecer plano de saúde, a empresa exerce a possibilidade de descontar um valor do salário de funcionários. Porém, o custo é vantajoso visto a diferença de valor na contratação de planos particulares. Planos empresariais tendem a exercer menos custo do que os particulares ou individuais.

Na contratação de plano de saúde, é viável a escolha de diferentes opções de planos vinculados. Deste modo, a decisão sob responsabilidade do colaborador sobre qual plano receber e qual tamanho de desconto salarial efetuar. Empresas também exercem a viabilidade de arcar com a mensalidade integral, evitando descontos de custos na remuneração de trabalhadores.

  •       Vale-cultura

O benefício de vale-cultura usualmente é ofertado em empresas categorizadas como de porte superior. O benefício abrange um valor de R$50,00 mensais, sendo acumulativo sem haver prazo limite de validade, com a finalidade de compras de serviços ou produtos culturais brasileiros.

  •       Plano odontológico

O benefício de plano odontológico se assemelha ao benefício de assistência médica, oferecendo ao colaborador a viabilidade de realização de tratamentos dentários.

  •       Bolsas de estudo

É comum em certas empresas o investimento na formação de colaboradores. O benefício possibilita o cobrimento de bolsas de estudos de formação, sendo elas integrais ou parciais para o comprimento de especializações ou cursos. O oferecimento deste benefício é importante para empresas que visam formar funcionários qualificados e capazes, contribuindo consideravelmente com o progresso e ascensão do negócio.

Empresas que buscam expandir seu negócio para o exterior, por exemplo, possibilitam o oferecimento de cursos culturais, como o de idiomas.

  •       Auxílio- creche

O benefício de auxílio-creche é direcionado para mulheres em função de trabalho em empresas acima de 30 funcionários contratados, sendo opcional para empresas menores.

O benefício consiste na disponibilização de área na qual mães possam deixar seus filhos durante a carga horária destinada ao trabalho, podendo ser um local interno ou externo na empresa. Uma alternativa muito utilizada por empresas é o convênio com entidades. Outra medida tomada é a disponibilização de um valor referente a creche infantil na remuneração, pelo sistema de reembolso-creche. 

 

 

Related Post

Rua Paraíba, 330 - 18º andar - Sala:1810
Funcionários, Belo Horizonte - MG

+55 31 3303 1299
contato@mlearn.com.br