Corporativo, Desenvolvimento de Equipes, mLearn, Treinamento Corporativo, Treinamento e Desenvolvimento

As tendências para Treinamento Corporativo

O aumento da competitividade no mundo corporativo tem feito com que fatores como capacitação e especialização se tornem essenciais, não só para profissionais, mas para as empresas que visam cada vez mais o sucesso de seus negócios.

O que muitas companhias têm percebido ao longo dos anos é que o treinamento e o desenvolvimento de seus colaboradores devem fazer parte do planejamento estratégico da organização, e que uma boa gestão de pessoas nunca foi tão crucial para se alcançar resultados positivos.  

A qualificação profissional possui um grande diferencial competitivo por duas razões principais: a primeira está relacionada a importância de formar profissionais com o perfil da empresa, para atuarem em cargos e atividades específicas e determinantes. Já a segunda, é decorrente da escassez de mão de obra devidamente qualificada no país.





Diante desse cenário, surgiu o conceito de educação corporativa que é a forma como as empresas encontraram para implementar uma cultura de aprendizagem contínua entre as equipes, seja por meio de ferramentas teóricas e práticas, que visam explorar o conhecimento de todos. O objetivo é criar um compartilhamento de trocas de informações para que uns possam aprender com os outros, e consequentemente solucionarem problemas.


Ainda dentro deste cenário, muitas empresas têm identificado que não basta apenas treinar colaboradores para que adquiram mais qualificação, mas que é preciso desenvolvê-los através de treinamentos dinâmicos, e capacitá-los para novos desafios. Assim, o conceito de mobile learning, por exemplo, tem ganhado destaque e a atenção das equipes de RH das empresas. Profissionais capacitados através de treinamentos práticos e inteligentes costumam ser mais motivados, não se abalam facilmente com os conflitos e as pressões do dia a dia, são mais flexíveis e colaborativos, compartilham ideias, experiências, incentivam e, principalmente, trabalham em prol de um propósito maior.

Tipos de treinamentos e inovações do setor



Com novas tecnologias cada vez mais presentes no dia a dia dos colaboradores, as empresas estão se adaptando a diferentes formatos de treinamentos, que sejam práticos e eficientes. Porém, especialistas ressaltam a importância das empresas verificarem antes de escolher uma abordagem de treinamento, o que já está sendo utilizado e o que traz retornos mensuráveis. Entre as principais novas metodologias práticas, inovadoras e que vêm revolucionando a forma como as empresas têm capacitado seus profissionais destacam-se:

Mobile Learning

Este conceito, que tem sido muito utilizado nos últimos anos, consiste na adaptação da aprendizagem através de smartphones, tablets, dispositivos móveis e aplicativos. Entre sua principal vantagem está a disponibilidade de treinamentos a qualquer hora do dia e o ensino através de multiplataformas que ajudam as empresas a diminuir os treinamentos presenciais. Além disso, o mobile learning permite que os colaboradores utilizem seu tempo livre para se capacitar, motivando-os e garantindo uma atualização completa da empresa.

Gamificação

A gamificação tem tido um forte impacto no aprendizado corporativo e já tem mostrado resultados práticos e bem assertivos. Muitas empresas têm avaliado este método como uma abordagem extremamente eficaz quando bem aplicada. Neste formato de treinamento os jogos incorporam elementos de competição, recompensas e feedback, tornando-se mais propensos a manter os colaboradores entretidos e interessados por mais aprendizagem. Entre seus benefícios está o alto poder de engajamento e receptividade.


Vídeos online e interativos

Os vídeos são tidos como um dos principais novos meios de treinamentos dentro das organizações. Prático e com objetivo de tornar o aprendizado mais empático, esta técnica já tem sido explorada inclusive através de formatos em 360°. De acordo com especialistas, a experiência de treinamentos com vídeos, torna os mesmos mais envolventes e o expectador mais confiante já que passa a ter o controle sobre o que será consumido. No meio corporativo, essa ferramenta pode ser aplicada das mais diversas formas, tanto para aumentar a sensação de realidade no treinamento quanto para tornar o aprendizado mais assertivo.


Realidade Virtual (VR) e Realidade Aumentada para o aprendizado

Este conceito vem sendo fomentado, principalmente entre as empresas que já possuem experiência em seus treinamentos com a gamificação. O objetivo dessas organizações é utilizar a realidade aumentada para engajar e tornar a jogabilidade ainda mais real. Apesar de sua viabilidade ainda ser restrita, a realidade virtual poderá ser adotada e bem aplicada em áreas de treinamento onde existam perigos ou insegurança para os colaboradores, como áreas da saúde e segurança, onde o VR poderá simular situações semelhantes aos encontrados em campo.

Conclusão



Atualmente, muitos estudantes e profissionais contam com mecanismos de buscas, seja para estudar ou se capacitar, além de estarem cada vez mais adeptos a cursos online para se atualizar. Este cenário tem feito com que a utilização de plataformas online para aprendizado, principalmente dentro das organizações continue em alta. A tendência é que esses treinamentos inovadores estejam presentes em mais da metade da força de trabalho nas empresas.

Author


Avatar

Júlia Boaventura

Produtora de Conteúdo