6 de junho de 2018

4 pontos a considerar na hora de criar benefícios na empresa.

Oferecer benefícios para colaboradores da empresa deixou de ser uma mera obrigação legal e tornou-se estratégia de mercado. Hoje, os gestores procuram oferecer bônus, facilidades, prêmios, capacitação, entre outras vantagens como uma forma de atrair e manter talentos.

Esse é um investimento vantajoso, pois reflete na satisfação do funcionário que se torna mais engajado e motivado. O resultado é uma equipe de colaboradores mais produtiva e, portanto, uma empresa mais lucrativa. Contudo, implantar uma política de benefícios requer alguns cuidados.

Há alguns fatores que você deve considerar ao ofertar benefícios na empresa, pois eles fazem toda a diferença no sucesso do investimento. Conheça os principais pontos a considerar descubra como ofertar benefícios realmente vantajosos. Confira!

1. Necessidade

Um ponto fundamental para garantir o sucesso de uma política de benefícios é a aderência dos funcionários ao plano. Afinal, é a mudança de comportamento deles que irá garantir mais produção e lucro. Porém, um erro comum entre os gestores é a falta de comunicação com os funcionários.

Ouvir os funcionários é o primeiro passo para descobrir os pontos fracos da rotina de trabalho. São os colaboradores que atuam na linha de frente, portanto eles sabem o que precisa ser melhorado e, muitas vezes, como melhorar. Abra um canal de comunicação com eles e ouça suas reclamações, dicas e ideias.

Elas serão um norte para criar benefícios na empresa que são realmente necessários ao invés de apenas oferecer bônus x produção. Afinal, servirão para solucionar dificuldades internas e melhorar as condições de trabalho.

2. Relevância

Assim como o benefício deve suprir alguma necessidade da empresa, ele deve ser relevante para os funcionários. Você pode identificar, por exemplo, que falta qualificação técnica entre os colaboradores. Neste caso, é possível incluir o treinamento para funcionários entre os benefícios na empresa.

Esse plano de capacitação, porém, não pode focar no aumento de produtividade. Ele deve representar, também, um investimento no futuro do profissional que adere a política de benefícios da empresa. Do contrário, o colaborador não se sente valorizado, mas explorado e a estratégia deixa de funcionar.

O mesmo vale para qualquer tipo de benefício. Não adianta oferecer descontos em academias de ginástica ou salões de beleza, por exemplo. se os funcionários não possuem o perfil de usar esses serviços. Benefícios para colaboradores da empresa devem ser relevantes para que haja aderência ao plano.

3. Inclusão

A aderência é muito importante, porque se o funcionário não sente necessidade do benefício não irá esforçar-se para alcançá-lo. Não haverá mudança na produtividade, portanto, o investimento em uma política de benefícios não trará nenhum retorno para a empresa.

Além dos dois pontos anteriores, outro fator que o gestor deve considerar para conseguir o máximo de aderência aos benefícios na empresa é a inclusão. Os incentivos oferecidos devem atingir o máximo de funcionários possíveis, não se restringindo a um pequeno grupo ou setor.

Ao elaborar um plano de capacitação, por exemplo, ele deve possuir objetivos aplicáveis a diversos departamentos. Desenvolvendo competências úteis a qualquer profissional, como habilidades comportamentais, promovendo o trabalho em equipe, inteligência emocional, autogestão, etc.

4. Praticidade

Outra característica de um bom benefício é a sua praticidade. Ele deve ser, em primeiro lugar, um incentivo e facilitador que promova a produtividade. Por isso, cuidado ao implementar benefícios na empresa que possam gerar um fluxo burocrático e demandar mais dos funcionários.

Seguindo o exemplo dos treinamentos, que são muito vantajosos, mas podem causar esse problema. Ao invés de demandar tempo de produção dos funcionários para fazer e aplicar um curso, opte por uma estratégia mobile. O conteúdo é o mesmo, mas muito mais acessível e adaptativo ao colaborador.

Da mesma forma, caso o desconto na academia seja atrativo, mas a parceira seja muito longe, o funcionário pode não usufruir do benefício pela dificuldade. Os benefícios para colaboradores da empresa devem ser motivadores, mas também de fácil acesso para facilitar ao máximo a aderência.

A política de benefícios é um investimento de altos retornos, porém, é preciso ter cuidado para não cair em algumas pegadinhas dessa estratégia. Por isso, assine nosso newsletter e descubra como oferecer o melhor aos seus funcionários com o máximo de vantagens também para sua empresa!

Av. dos Bandeirantes, 330
Sion, Belo Horizonte - MG

+55 31 3303 1299
contato@mlearn.com.br